Paisagem

1 08 2017

A terra pertence ao dono, mas a paisagem pertence a quem a sabe olhar.

20150601_161215

Miguel Sousa Tavares





Vida 10

1 11 2012

Quanto mais eu olhava para  a vida, mais me apercebia que viver  é como andar à deriva no mar. É óbvio que tentamos tomar uma direcção, podemos ter um objectivo, mas não é que o consigamos ver. Se não tivermos uma bússola, se não soubermos ler as estrelas, não sabemos para onde vamos e de qualquer forma não sabemos bem onde estamos se não virmos terra.





Portugal

29 02 2012

Subitamente aparecia-me ali um Portugal de que já quase estava esquecido : essa terra que nunca foi tão nossa como quando a vivemos como o presente sofredor que era, mas com um futuro que haveria de ter pelo menos o tamanho da nossa esperança…

José Saramago  em  Cadernos de Lanzarote





O burro

17 12 2011

Um dia, um burro caiu num poço e não podia sair dali. O animal chorou fortemente durante horas, enquanto o seu dono pensava no que fazer. Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que já que o burro estava muito velho e que o poço estava mesmo seco, precisaria de ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena esforçar-se para tirar o burro de dentro do poço. Chamou então os seus vizinhos para o ajudar a enterrar vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a atirar terra para dentro do poço. O burro entendeu o que estavam a fazer e chorou desesperadamente. Até que, passado um momento, o burro pareceu ficar mais calmo. O camponês olhou para o fundo do poço e ficou surpreendido. A cada pá de terra que caía sobre ele o burro sacudia-a, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. Assim, em pouco tempo, todos viram como o burro conseguiu chegar até ao topo do poço, passar por cima da borda e sair dali.

A vida vai atirar muita terra para cima de ti. Principalmente se já estiveres dentro de um poço. Cada um dos nossos problemas pode ser um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos buracos mais profundos se não nos dermos por vencidos. Usa a terra que te atiram para seguir em frente!

Juca  Macieira