Areia

27 06 2017

Tenho o santo horror da frieza calculada, da boa educação, do prudente juízo duma mulher. Aos homens pertence tudo isso, e a mulher deve ser muito feminina, muito espontânea, muito cheia de pequeninos nadas que encantem e que embalem. Meu amigo, se esperas ter uma mulher sem areia nenhuma, morres de aborrecimento e de frio ao pé dela e não será com certeza ao pé de mim… Comigo hás-de ter sempre que pensar e que fazer. Hás-de rir das minhas tolices, hás-de ralhar quando elas passarem a disparates (hão-de ser pequeninos…) e hás-de gostar mais de mim assim, do que se eu fosse a própria deusa Minerva com todo o juízo que todos os deuses lhe deram.

. Florbela Espanca    in    Correspondências .

braços





Dizer

26 07 2016

800px-Euripides_Pio-Clementino_Inv302Não dizer o que pensa, esta é a condição de um escravo.

 

 

 

Eurípedes





Não penses

11 04 2016

Não penses.

Que raio de mania essa de estares sempre a querer pensar. Pensar é trocar uma flor por um silogismo, um vivo por um morto. Pensar é não ver.

Olha apenas, vê.

Está um dia enorme de sol. Talvez que de noite, acabou-se, como diz o filósofo da ave de Minerva. Mas não agora. Há alegria bastante para se não pensar, que é coisa sempre triste.

Olha, escuta.

Nas passagens de nível, havia um aviso de «pare, escute, olhe» com vistas ao atropelo dos comboios. É o aviso que devia haver nestes dias magníficos de sol.

Olha a luz. Escuta a alegria dos pássaros. Não penses, que é sacrilégio.

SONY DSC

Vergílio Ferreira,    em    “Conta-corrente – nova série – 2″





Mistério

2 03 2016

A mais bela coisa que podemos vivenciar é o mistério. Ele é fonte de qualquer arte e de qualquer ciência.

Aquele que desconhece esta emoção, aquele que já não pára para pensar e não se fascina, está como morto: os seus olhos estão fechados.

20150601_164556

Albert Einstein





Pensar pela própria cabeça

4 10 2015

jorge-amado

Pensar pela própria cabeça custa caro, preço alto. Quem se decidir a fazê-lo será alvo do patrulhamento feroz das ideologias, as de direita e as de esquerda e as volúveis: há de tudo e todas implacáveis. Ver-se-á acusado, xingado, caluniado, renegado, posto no pelourinho, crucificado. Ainda assim vale a pena, seja qual for o pagamento, será barato: a liberdade de pensar pela própria cabeça não tem preço que a pague.

Jorge Amado    em    ” Navegação de Cabotagem “





Dúvida

10 07 2015

duvidar





Dispensar

11 04 2014

 

O grande segredo da felicidade não é – como os pseudo-génios da infelicidade defendiam e defendem – não pensar. O grande segredo da felicidade é dis-pensar. Dispensar o que é dispensável : o que nasceu para ser dispensável. Só quem dispensa o que tem de ser dispensável é que é feliz. E só é capaz de dispensar quem sabe pensar. Pensar a sério. Só os génios dispensam. Qualquer burro é capaz  de pensar. Mas dispensar está reservado a uma elite de predestinados.

serenidade

Pedro Chagas Freitas