Empatia

1 07 2018
A empatia é a força mais poderosamente perturbadora do mundo, só fica atrás do amor.
Se não puder
 Anita Nowak
Anúncios




Precisão absoluta

27 04 2018

Mais uma vez, nas suas hesitações confusas, o que a tranquilizou foi o que tantas vezes lhe servia de sereno apoio: é que tudo o que existia, existia com uma precisão absoluta e no fundo o que ela terminasse por fazer ou não fazer não escaparia dessa precisão; aquilo que fosse do tamanho da cabeça de um alfinete, não transbordava nenhuma fração de milímetro além do tamanho de uma cabeça de alfinete: tudo o que existia era de uma grande perfeição.

flores0931





Sucesso

20 04 2018

Rir muito e com frequência;

ganhar o respeito de pessoas inteligentes e o afecto das crianças;

merecer a consideração de críticos honestos e suportar a traição de falsos amigos;

apreciar a beleza, encontrar o melhor nos outros;

deixar o mundo um pouco melhor, seja por uma saudável criança, um canteiro de jardim ou uma redimida condição social;

saber que ao menos uma vida respirou mais fácil porque você viveu.

Isso é ter tido sucesso.

Sylvia

. Bessie Stanley .





Preciosa

8 04 2018

A vida é demasiado preciosa para ser esbanjada num mundo desencantado.

caisMia Couto





Alma

13 03 2018

Às vezes parece que só se vem ao mundo para enterrar os mortos. Para fazer o caminho que todos fazemos pelos outros e que, inevitavelmente, outros farão por nós. Perguntamos, para o vazio, porquê e o vazio responde-nos de volta, com nada. Perguntamos porque não entendemos que raio de viagem é esta. (…) 

Desejamos a vida mas odiamos a morte, como se separassem, como se não fizessem parte. Fazem. Mas continuamos sem entender. Lamentamos o tempo, o timing, a altura. Porque nunca é tempo, nunca é o timing, nunca é a altura. E marchamos cansados. Cansados de não entender, numa fila perfeita que não sabe para onde vai. Hoje arrastei a alma. Chorei esta e as outras perdas também. A minha tão fresca. Senti-me cansada. Cansada de não entender nada, nem como, nem porquê. Parece que a vida cansa e parece que a morte descansa, na pessoa que está ali serena, deixando-nos com o paradoxo. Estão os vivos tão cansados e os mortos, parece que descansam, porque talvez eles já tenham entendido. Talvez já saibam o que ainda não sabemos e por isso é que já podem descansar.

solidao 1

Marine Antunes





Vocabulário

30 01 2018

O vocabulário do amor é restrito e repetitivo, porque a sua melhor expressão é o silêncio.

Mas é deste silêncio que nasce todo o vocabulário do mundo.

Vergílio Ferreira





Que humanidade é esta?

12 12 2017

Se o homem não for capaz de organizar a economia mundial de forma a satisfazer as necessidades de uma humanidade que está a morrer de fome e de tudo, que humanidade é esta? Nós, que enchemos a boca com a palavra humanidade, acho que ainda não chegamos a isso, não somos seres humanos. Talvez cheguemos um dia a sê-lo, mas não somos, falta-nos mesmo muito. Temos aí o espetáculo do mundo e é uma coisa arrepiante. Vivemos ao lado de tudo o que é negativo como se não tivesse qualquer importância, a banalização do horror, a banalização da violência, da morte, sobretudo se for a morte dos outros, claro. Tanto nos faz que esteja a morrer gente em Sarajevo, e também não devemos falar desta cidade, porque o mundo é um imenso Sarajevo. E enquanto a consciência das pessoas não despertar isto continuará igual. Porque muito do que se faz, faz-se para nos manter a todos na abulia, na carência de vontade, para diminuir a nossa capacidade de intervenção cívica.

 José Saramago    em    Canarias7 (1994)