Direito

25 06 2015

Com que direito entramos por arrombamento na vida das pessoas e que impertinência esta a de sondar as suas acções e os seus corações – e de lhes pedir contas… A título de quê?

arte

Patrick  Modiano  em  O Café da Juventude perdida

Anúncios




Dar

19 06 2015

Aquilo que de verdadeiramente significativo podemos dar a alguém
é o que nunca demos a outra pessoa,
porque nasceu e se inventou por obra do afecto.
O gesto mais amoroso deixa de o ser se, mesmo bem sentido,
representa a repetição de incontáveis gestos anteriores numa situação semelhante.

O amor é a invenção de tudo, uma originalidade inesgotável.
Fundamentalmente, uma inocência.

abraço 3

Fernando  Namora





Não é aceitável que a primeira despesa do Estado sejam PPP e juros da dívida

16 06 2015




Jogo

13 06 2015

Todos jogamos e somos jogados pela existência. O tempo teima-nos neste permanente empurrão e não podemos voltar atrás.

caminho3

Patrícia Reis   em   Contracorpo





Beleza

7 06 2015

A beleza não elimina a tragédia, mas a torna suportável. (…)
A felicidade é um dom que deve ser simplesmente gozado. Ela se basta. Mas ela não cria. Não produz pérolas.
São os que sofrem que produzem a beleza, para parar de sofrer. Esses são os artistas.

Côr

Rubem Alves   em  “Ostra Feliz não faz pérola





Fundo

1 06 2015

O pessimista afirma que já atingimos o fundo do poço, o optimista acha que dá para cair mais.

Sol atrás da nuvem

Woody Allen.